Navegar é mesmo preciso

Mesmo um pouco tímido, meu coração pulsa pela aventura. É louco como o desconhecido me convida, a novidade me encanta e a jornada me fascina, seja lá como for. Por isso estou sempre em busca, em luta e em movimento. Desbravar novos mares da vida é, sem dúvida, o que mantém minha chama acesa. Sempre … Continuar lendo Navegar é mesmo preciso

Nós não renascemos das cinzas

A fumaça tomou conta do céu nesse último mês. Cada dia foi uma nova queimada, uma nova massa de poluição e um pouco mais de desespero. A qualidade do ar ficou insustentável, reservas naturais foram destruídas e famílias perderam casas e plantações pra fúria do fogo. Não teve como escapar. Habitats inteiros destruídos. Animais agonizando … Continuar lendo Nós não renascemos das cinzas

Longe da linha de chegada

É curioso como, em minhas leituras de Patti Smith, acabo esbarrando em uma citação sobre seu par de coturnos. Um mero detalhe na narrativa que, mesmo tão pequeno, ainda assim me cativa. Apesar de não serem tão presentes como café ou fotografias, suas botas também me parecem muito simbólicas em seus escritos. E não é … Continuar lendo Longe da linha de chegada

Blogagem coletiva – E onde eu estava?

  O blog Mulher Vitrola sugeriu uma blogagem coletiva e eu, que nunca fiz nada parecido, criei coragem pra participar. Confesso que estava meio receosa de inicio, mas quando vi o tema "eu fui, eu tava!", logo me veio uma ideia na cabeça e eu não sosseguei até botar esse texto no papel - ou, … Continuar lendo Blogagem coletiva – E onde eu estava?

Do jeito que o diabo gosta

“Um dos shows mais satânicos da história da humanidade”. Quem você acha que leva um título desses nas costas? Eu sempre pensei que seria digno de alguma banda de black metal ou, no mínimo, de algum gênero similar. A galera vive falando de Satã e de queimar igreja, nada mais justo, né? Mas não foi bem … Continuar lendo Do jeito que o diabo gosta

Sendo mais um produto na prateleira

A proposta de me afastar do uso frenético das redes sociais até veio antes da quarentena, mas nem imaginei o quanto esse hábito seria uma mão na roda nesse período. Tentando não me perder nas timelines infinitas e diminuir a angústia que sinto no rolar de barras, minha nova pira é deixar as sessões de … Continuar lendo Sendo mais um produto na prateleira

Sobre tubarões e vulcões: o que aprendi com A Vida Secreta de Walter Mitty

A beleza de um filme que diz tudo o que você precisava ouvir Não sabia bem o que esperar quando me interessei em assistir A Vida Secreta de Walter Mitty, de 2013. Só sei que, depois desta decisão, nunca mais fui a mesma. O filme estrelado por Ben Stiller e Kristen Wiig pode parecer, à primeira … Continuar lendo Sobre tubarões e vulcões: o que aprendi com A Vida Secreta de Walter Mitty

Sobre ciclos, anseios e fracassos

Respeitando as fases, superando as falhas e buscando o equilíbrio As vezes é melhor soltar a corda que tanto te machuca ao segurá-la. As vezes é preciso reconhecer as dificuldades, aceitar as falhas e respeitar as próprias limitações. Ainda que seja tão frustrante e dolorido, é preciso entender as fases, os ciclos, em qual momento … Continuar lendo Sobre ciclos, anseios e fracassos

Ensaio sobre a canseira

   Nem de humanas ou de exatas, mas de exaustas               Quer saber? Chega. Não dá mais. Eu cansei             Mas estou falando sério mesmo. Eu cansei e cansei pra caralho. Não estou falando nada sobre aquela canseirinha básica, aquela broxada de final de expediente ou muito menos àquele sentimento de “chega logo sexta-feira”. … Continuar lendo Ensaio sobre a canseira